terça-feira, 21 de setembro de 2010

Desvendando o acidente de 08 de agosto



See this article in English


Esta ilustração é a imagem panorâmica do acidente de 08 de agosto de 1901. A seguir explico como cheguei a conclusão que o dirigível passou por cima do Hotel Trocadeiro, enroscou o invólucro numa chaminé, estourou e ficou pendurado como se vê nas fotos do dia do acidente.

Após muita pesquisa, descobri que o dirigível veio por traz dos antigos prédios às margens do Sena
Os relatos do acidente mais importante que Santos=Dumont sofreu com o seu dirigível numero 5, que forneceu as bases para a construção do dirigível numero 6 com tudo o que necessitaria ser modificado para que ele atingisse premio Deutsche, nunca foram muito claros. É neste sentido que inicio uma investigação com riqueza de detalhes para apurar os fatos daquele dia 8, que mudaria a vida de Santos=Dumont

O numero cinco atingiu o prédio do Hotel Trocadero de frente?
Porque nunca vimos fotos dos prédios em sua exata localização no Passy?

Se eu quero realmente ilustrar esta seqüência, precisarei saber exatamente o que aconteceu.

A primeira fonte de referencias são os textos de “Os Meus Balões” escrito pelo próprio Dumont. No entanto existem outros textos não menos importantes, como a entrevista que deu ao jornal americano Republican de Springfield em 27 de outrubro de 1901, na qual Dumont diz “Caí sem um choque muito forte” o Le Fígaro de 10 de agosto daquele ano, o Le Progrés de Dijon, entre outros.

Luiz Pagano ilustrando 'A Maravilhosa Vida de Santos=Dumont"
A segunda fonte de referencias são as fotos da época e/ou de épocas próximas.

E a terceira e sem duvida a mais legal é a pesquisa em loco. Do ponto de vista de um ilustrador é muito importante checar a luminosidade e a projeção de sombra para achar a hora exata. Infelizmente não consegui chegar lá no dia 08 de agosto, senão, no dia 04 de setembro. No entanto esta diferença de datas não chega a causar grande diferença.

A LOCALIZAÇÃO EXATA DO ACIDENTE

Infelizmente os prédios onde a maioria das fotos foram feitas já não estão mais lá, no entanto se compararmos as fotos feitas no dia do acidente de alguns lugares vizinhos achamos alguns lugares em comum.

Nesse Trecho os prédios do Passy pouco mudaram
A pesar de não achar a exata janela na qual Santos=Dumont ficou sentado a espera de uma corda, achei o mesmo tipo de janela e construções vistas nas fotos do dia do acidente nas paredes dos prédios do Passy.

Eu sabia que estava perto pois as paredes de tijolos e as janelas pareciam muito com as fotos de 1901
Se representarmos no mapa a seqüência da queda descrita por Santos=Dumont temos a seguinte seqüência:

Antes de chegar a torre Eiffel, Santos=Dumont percebe o vazamento de gás

Perto de La Muette as cordas começam a serem cortadas pelas hélices. Santos=Dumont desliga o motor.

Enquanto caia o vento levava o dirigível em direção a torre Eiffel, naquela época havia um terraço às margens do Rio Sena, e foi para lá que S=D tentou conduzir em seus últimos esforços antes da queda
Sabemos então que o destino final foi o Hotel Trocadero. Não temos nenhuma foto do hotel em 1901. Mas tinha certeza que deveria ficar colado nos edifícios do Passy. Como o dirigível vinha perdendo altitude ele não caiu na parte alta do bairro, e sim na parte baixa, quase as margens do Sena.

o guide-rope em arrasto indica a direção que o dirigível ia
Ao analisarmos esta foto tirada da parte alta do Passy vemos que o guide rope está sendo arrastado da direita para a esquerda, sabemos então que o dirigível se desloca para a esquerda em direção ao Sena.

A conclusão final é que o Hotel não ficava nem na rue de l’Alboni, nem muito menos na Rue dês Eaux. Ficava sim na avenue du Président-Kennedy.

Agora que eu já sei o que procuro, ficou muito mais fácil achar os prédios do hotel Trocadero, e comprovar a exata localização do acidente.

Nesta antiga foto da Ile de Cygnes feita por Nadar podemos facilmente localizar o prédio do antigo hotel Trocadero, demolido nos dias de hoje onde encontramos um prédio gêmeo do existente em 1901
Nesta antiga foto da Ile des Cygnes vista da torre Eiffel acha-se os prédios do hotel Trocadeiro a direita, “colados com os edifícios do Passy”.

2 comentários:

isarozzino disse...

Muito legal seu trabalho de reconstrução destes fatos, parabéns. Vou a Paris no final de maio, e queria visitar alguma coisa do significativa do Santos-Dumont.
abraço,
Ricardo Rozzino

Luiz Pagano disse...

nesse intuito, vale a pena visitar o Musée de l'air et de l'espace, Le Bourget, Paris.

Boa Viagem!