sábado, 25 de dezembro de 2010

As marcas e ícones presentes na vida de Santos=Dumont


Collage à découper da Demoiselle - Imagerie d'Epinal no 919

Na semana de Natal levo este interessante presente, uma replica da Planche d'Epinal Moyenne Construction com a Demoiselle de Santos=Dumont. Eram xilografias feitas pelas prensas de Jean-Charles Pellerin, que desde 1796 vem publicando diversas peças de papel como estas para se recortar e montar.


--> Brinquedos e Jogos em homenagem a conquista do prêmio Deutsche -->
Logo apos a conquista do prêmio Deutsche Santos=Dumont era talvez o homem mais famoso de sua época. Com isso diversos produtos quiseram pegar carona na popularidade do Aviador.


Até mesmo Henri Lachambre que fornecia os invólucros para Santos=Dumont oferecia balões cativos e dirigíveis que podiam ser infaldos com hidrogencio ou gás para iluminação de ruas.


Este pequeno dirigível em lata (jouets de fer-blanc) era movido a corad. Uma vez acionado pedalava uma replica do numero 4, movendo uma hélice que fazia o pequeno dirigível dar a volta na torre Eiffel.



O Concours Lépine (concurso Lépine) teve sua primeira edição retratada na revista l’Actalité de dezembro de 1901, tratava-se de um concurso-exposição que premiava com a quantia de 100 francos pequenos fabricantes de jogos, brinquedos, ferragens, artigos de decoração, eletrodomésticos, mecânica, fotografia, rádio, etc. com o objetivo de retirar os pequenos fabricantes do marasmo da então fraca economia parisiense.



O concurso existe ate os dias de hoje e é aberto a todo tipo de invenções, desde que respeitem as leis de propriedade intelectual ou industrial.
Em mais de um século, muitas invenções valiosas ganharam diversos prêmios, como caneta, o motor de dois tempos, o ferro a vapor, a hélice de passo variável, lentes de contato, etc.



Nesta edição da L’Actualité de dezembro de 1901, o homem segura um pequeno dirigível de Santos=Dumont.

Bebidas

Outra empresa que usava a imagem de Santos Dumont em seus reclames era a companhia de licores Bénédictine, que sempre teve um marketing voltado para a gastronomia e figuras tradicionais. Com a famosa divisa DOM (Deo Optimo Maximo, ou Deus Absolutamente Bom, Absolutamente Grande) da ordem beneditina em seu rótulo, o licor nasceu na abadia de Fécamp, na Normandia, França, onde Dom Vincelli, um monge alquimista, buscava a fórmula do elixir da longa vida. Santos Dumont teve um contrato publicitário com a bebida no qual associava seu nome a marca tinha sua imagem reproduzida por seu grande amigo e ilustrador Georges Goursat – SEM. A campanha dizia em seus anúncios « s'il fallait monter dans les nues pour boire, il y a longtemps que le problème de la locomotion aérienne serait résolu ». Também tinha os lindos Menus ilustrados que hoje são considerados valiosos itens de colecionador. Mas mesmo sem ter contrato outras marcas estavam sempre associadas a Santos Dumont como é o caso da água mineral Évian
Agua Mineral Evian
engarrafada diretamente da fonte Évian-les-Bains, na margem sul do lago Lac Léman.

Ação de Marie Brizard com ilustração de SEM - Santos=Dumont e o Hidroplanador


Rótulo comemorativo do Guaraná Antarctica100 anos de Santos=Dumont.

Anuncio do cigarro americano Santos=Dumont na revista Time (edição européia de 20 de setembro de 1976) com os dizeres “Father of Flight” na embalagem.

Nenhum comentário: